sábado, 12 de abril de 2008

O Segredo do Martinismo


Por Ir. AZTLABAR, SI

O verdadeiro segredo do martinismo não está guardado neste templo, ele encontra-se no mundo profano, no cotidiano da vida material e mostra-se como uma visão aplicada, quando um novo caminho nos torna possível. Muitas são as dúvidas, os paradoxos e as dificuldades que se apresentam. Porém, a cada passo dado a luz fica mais forte.

A luz do sol dissipa as trevas. Nós conhecemos o caminho, e só nos afastamos dele por vontade própria, quando nos deixamos ser engolidos pelos problemas. Cabe a nós perseverar e continuar a nossa busca, sem nos desviarmos do caminho e sem esquecer nosso real objetivo que é a reintegração, ou seja a volta a Unidade original.

A Centelha Divina

Cada um de nós tem em si a Centelha Divina. Trata-se de nosso mestre interior, que nos observa a cada passo de nossas vidas, e que pacientemente tenta nos mostrar o caminho certo. Seremos mais fortes e mais serenos se seguirmos nosso coração e agradarmos aos olhos de nosso mestre interior.

Esses são nosso verdadeiros olhos, a porção de DEUS em nós que silenciosamente nos pede atenção. Nosso Mestre conhece nosso caminho e está escondido dentro de nós, pois nosso ego e as vicessitudes da vida material o trancaram em nosso interior. Mas nosso coração possui essa chave, e sempre que realmente desejarmos podemos nos comunicar com nosso mestre, e fazê-lo mais presente em nossa vida cotidiana.

Quantas vezes nós fazemos perguntas que nos pertubam e, no momento seguinte, percebemos a resposta, que está em nós? Pois esse é o nosso mestre interior, que está em harmonia com as leis divinas e que pode nos mostrar o caminho sempre que desejarmos.

Os Sonhos

Os sonhos são nossa válvula de escape. Como seria a vida, se não tivéssemos a possibilidade de sonhar, como seria se estivésssemos totalmente presos a este mundo material, sem opção de transceder o corpo físico, sem poder se soltar e voltar à nossa origem? Seria realmente muito mais difícil enxergar o outro lado, e conceber a realidade e sua plenetude.

Os sonhos são um portal para a nossa liberdade, onde podemos nos aprofundar e conhecer melhor a nós mesmos, ao UNIVERSO e a DEUS. Nos sonhos não há limites senão aqueles que nós próprios nos impomos. É preciso quebrar as barreiras e ir além.

Os sonhos nos levam a conhecer maravilhas que o mundo material não nos proporciona os sonhos nos inspiram e servem de combustível espiritual para nossas buscas diariamente.

O valor do corpo físico

Nosso corpo físico é a maior ferramenta que possuimos para a nossa evolução. Apesar de muitas vezes nos parecer um peso inútil, é somente através dele que podemos nos desenvolver por completo, mas é preciso ter sempre em mente que não somos nosso corpo fisico, e sim de que apenas estamos neste corpo.Tendo essa noção todos os problemas materias parecem menos pesados, e a vida fica mais focada em seu verdadeiro propósito.

Estamos habitando este corpo porque temos ainda muito a fazer e a aprender com o prazer, a dor e todas as experiência que um corpo físico pode nos proporcionar. Dependendo de nossas escolhas seremos dignos ou não de viver harmoniosamente na eterna luz. A finalidade é imaterial, mas o caminho é material.

Direito e Dever

O direito anda de maos dadas com o dever. A partir do momento que nos dedicamos à busca, ocorrem mudanças. Essas mudanças são para melhor, e nos trazem uma nova visão de vida, pois começamos a perceber coisa que antes nos passaram despercebidas. Com esta percepção aumentada, notamos também quão grande é nossa responsabilidade. É muito fácil ficar inerte.

Quando fazemos as mesmas coisas obtemos os mesmos resultados. É preciso mudar de atitude, colocar em prática o que estamos aprendendo, a cada momento de cada dia. É difícil, muito difícil, mas a partir do momento em que nos dispomos, em que começamos a tentar, somos agraciados com uma força extra que conspira a favor da nossa evolução. É preciso buscar apoio nesta força, e continuar a nossa busca,sem desistir, pois sabemos que é este o nosso caminho.

Ponte para o invisível

Esta Heptada é uma ponte. Ela nos permite chegar a uma outra dimensão onde podemos sentir a emanação de energias superiores e sublimes, porém, de enorme força. Mas de onde vem essa força? Será que é fruto da organização material deste templo? Não pode ser só isso...

Essa força vem deste ser luminoso que habita este templo,este que inevitavelmente faz notar sua presença,mesmo que não percebamos conscientemente, nossos corações reconhecem sua Poderosa Luz, pois ela reflete a nossa luz, como um espelho que amplia e nos da a noção do caminho que devemos seguir, para levar nossa luz de encontro à sua Origem e poder existir em perfeita harmonia com a LUZ MAIOR. Aquela que a tudo ilumina, e que possui seu reflexo aqui, neste templo.

Fonte: http://www.editoraincognito.com.br/segMart.asp

0 comentários: